sábado, 8 de outubro de 2011

Direitos Humanos

Nas suas resoluções 35/70 de 5 de Dezembro de 1975, e 50/107 de 20 de Dezembro de 1985, a Organização das Nações unidas, estabelece o dia 16 de Outubro, como o dia mundial da alimentação, e o dia 17 de Outubro, como o dia internacional da luta contra a pobreza.

Numa altura em que cada vez mais é urgente que os seres humanos sejam solidários uns com os outros, aqueles de nós que procuramos ser solidários, vivemos entre a satisfação de queremos fazer algos, e a frustração de não conseguirmos alcançar os objectivos a que nos propomos, porque aqueles que muitas vezes falam em solidariedade, são os primeiros a negar a sua participação quando esta lhe é solicitada.

O dia internacional de luta contra a pobreza, podia ser colocado em prática diariamente se em lugar de assistirmos ao desperdicio de colheitas sem escoamento, ou excedentes, puséssemos em prática os valores da solidariedade, e distribuissemos esses bens por instituições que procuram ajudar a minorar as sequelas da fome.

A ganância desenfreada daqueles que têm o suficiente e aqueles que nada têm, é muitas vezes factor de instabilidade nas nações e entre as mesmas.

Seria gratificante sermos membros das Nações Unidas se puséssemos em prática as resoluções acima citadas, fazendo com que houvesse mais justiça social nãop apenas em teoria, mas também na prática. Os dias e semanas que se celebram anualmente, fariam maior sentido

Nestas circunstancias poderiamos erguer bem alto a bandeira do humanismo e da solidariedade, não esquecendo que não é o que recebemos, mas aquilo que damos, que revela o valor da vida que vivemos

Sem comentários:

Enviar um comentário

Retrospectiva da Vida

O saber não ocupa lugar e todas as oportunidades são boas para aprender.  Depois de ter sido voluntário e tripulante de um navio em 1978 ...