domingo, 1 de dezembro de 2013

PETRÓLEO

Na iminência da falência, em 1859, a familia Nobel regressou a Estocolmo e apenas Robert e Ludvig Nobel permaneceram em S. Petersburgo. Durante uma viagem a Baku, no Mar Cáspio, Robert Nobel tomou conhecimento das possibilidades comerciais de futuro dos poços de petróleo locais. Convenceu o irmão Ludvig a juntar-se-lhe na exploração do ouro negro e, em 1876, fundaram a companhia petrolifera Branobel.
O sucesso alcançado pelos empresários, que tinham como terceiro sócio o irmão Alfred Nobel, foi de tal forma significativo que Robert W. Tolf descreveu o trabalho pioneiro que levaram a cabo num livro, no qual os compara ao industrial norte-americano Jonh Rockefeller, um pioneiro no mundo do petróleo.      

Sem comentários:

Enviar um comentário

Retrospectiva da Vida

O saber não ocupa lugar e todas as oportunidades são boas para aprender.  Depois de ter sido voluntário e tripulante de um navio em 1978 ...