sexta-feira, 30 de setembro de 2011

SOPRO DE NOVOS VENTOS

Alguém disse que todo o sonho é por si só um pouco de realidade, porque o sonho nasceu do nada e é o resultado de um milagre mental

Desde muito pequeno que alimentei a esperança de qualquer criança, que é a realização dos seus sonhos, sendo que alguns deles eram ser jornalista, locutor de radio, cantor ou escritor.

Dados os contratempos que foram surgindo ao longo da minha infância, adolescência e juventude, cedo me apercebi que qualquer destes sonhos não estariam facilmente ao meu alcance.

No ano 1972 aqueles que na escola seguiam o meu percurso de aprendizagem, aperceberam-se das dificuldades que eu tinha, em virtude dos traumas que eu tinha devido ao acidente de comboio e aos maus tratos. Nesse ano, a 9 de Outubro, fui internado numa instituição para observação e tratamento por forma a que quando voltasse á escola pudesse mais facilmente assimilar tudo o que me era ensinado. De forma gradual fui evoluindo, e em 1978 quando já tinha 14 anos completei o ensino basico.

A diferença entre uma pessoa vulgar e uma pessoa importante, é que a pessoa importante é uma pessoa vulgar que não desistiu.

A ausência de condições adequadas para continuar a estudar, não foram motivo para cruzar os braços, por isso muitos têm sido os conhecimentos que tenho adquirido na escola da vida.

Muitos dos acontecimentos que tinham lugar, faziam com que eu estivesse atento e com que quisesse escrever para a imprensa, a minha opinião e reflexão sobre os mesmos

Assim, como adquiri pela escrita, um amigo meu ao ler um artigo que escrevi, em jeito de incentivo, aconselhou-me a prosseguir os meus estudos, pelo que aos 41 anos dei inicio a mais um processo de aprendizagem, tendo concluido de forma satisfatória o 9ºano, tendo mais tarde noutro processo, concluido também o 12º

Sem comentários:

Enviar um comentário

Realidade da Politica Portuguesa