terça-feira, 4 de março de 2014

ROTAS PRIMITIVAS DO COMÉRCIO

A principal corrente do Mediterrâneo provém de leste através do Estreito de Gibraltar, ao longo da Costa do Norte de África e depois divide-se: parte dela continua ao longo da costa ocidental de Itália e circula para França, enquanto outra parte contorna o lìbano e a Turquia expandindo-se depois para o mar Egeu. As rotas comerciais do Mediterrâneo seguiam estas correntes para obter maior velocidade com as suas embarcações à vela.
O comércio com a India e com a China envolvia o transbordo de várias cidades-entrepostos como Alexandria, Ormuz, Aden, Calicute e Malaca. O transporte através do oceano Indico, o Golfo Pérsico e o Mar Vermelho, era dominado por barcos àrabes e indianos.
Para lá de Malaca, a forma dominante das embarcações era o barco de vela malaia ou sampana e para lá do sul do Cambodja, os juncos chineses dominavam a navegação.
Contudo estas áreas não eram exclusivas.
A partir do Séc X d C. os navios árabes faziam comércio com a China, e só nos séculos posteriores se cingiam aos limites do oceano índico   

Sem comentários:

Enviar um comentário

Realidade da Politica Portuguesa